24 de setembro de 2018

Observatório de Regionalismo | Dossiê Política Externa e Regionalismo nas Eleições 2018

Divulgação



Por ocasião das atuais eleições presidenciais no Brasil, o Observatório de Regionalismo apresenta em sua edição especial o Dossiê Política Externa e Regionalismo: os programas dos presidenciáveis nas eleições 2018, uma publicação exclusiva que tem o objetivo de analisar o modo como a política externa e o regionalismo estão inseridos nos programas das principais candidaturas.

Por meio dessa iniciativa coletiva, o Observatório de Regionalismo acredita instigar a reflexão sobre temas de política externa e regionalismo e, assim, contribuir para o debate de ideias ainda mais necessário em períodos eleitorais. O dossiê resulta, portanto, na geração de um conteúdo informativo de interesse a docentes, discentes, e profissionais de relações internacionais, bem como os que buscam se informar sobre o tópico em geral.

A produção é fruto da colaboração de diversos pesquisadores membros do Observatório de Regionalismo, dentre organizadores, autores, revisores e editor gráfico, e contou com apoio inestimável do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas (UNESP – UNICAMP – PUC-SP) e da Rede de Pesquisa em Política Externa e Regionalismo (REPRI).

Para acessar a versão em português, basta clicar aqui.


O que é o Observatório de Regionalismo?

O Observatório de Regionalismo foi criado por alunos do Programa de Pós Graduação em Relações Internacionais “San Tiago Dantas” (Unesp/ Unicamp/ PUC-SP), sob a coordenação da Profa. Dra. Karina L. P. Mariano como um espaço de investigação e diálogo entre pesquisadores e o objetivo de fomentar o debate sobre iniciativas regionais de integração e cooperação. Nossos trabalhos se encontram vinculados à Rede de Pesquisa em Política Externa e Regionalismo (REPRI), grupo formado por pesquisadores, professores e alunos de pós-graduação e graduação de diferentes Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa, como a UFU, UNIFESP, UNESP, UNB, UFGD, IPE; e cujos estudos e pesquisas buscam, a partir de objetos e perspectivas teóricas e metodológicas diversas, compreender as motivações e os determinantes da política externa dos Estados e dos processos de regionalismo e multilateralismo.
Inicialmente funcionando como grupo de estudos e pesquisa com maior foco nos processos vigentes nas Américas, o Observatório pretende trabalhar também as demais regiões do mundo, como Europa, África e Ásia, e fazer uso da metodologia do regionalismo comparado. Em nosso site, compartilhamos semanalmente artigos breves acerca dos temas de estudo, considerando sua relevância e atualidade. Além disso, nossos projetos futuros contemplam a criação de uma cronologia de tratados e marcos temporais de regionalismo e integração (em construção), bem como a realização de conferências e palestras, clippings de notícias, dentre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário